X




X
​E-commerce gera 20% da faturação dos CTT

21 Mar
De acordo com o Jornal de Negócios, na semana em que os CTT dão início a mais um novo segmento de negócio, com a abertura de 52 balcões do Banco CTT, Francisco Lacerda, presidente executivo da companhia, revela que os correios continuam a ser “o principal motor” da empresa.
No segmento de Expresso e Encomendas, os CTT continuam a ser líderes de mercado, com uma quota “à volta dos 30%”.
As encomendas online são as principais impulsionadoras deste desempenho.
Os CTT apresentaram, na passada semana, uma nova tecnologia de tratamento de comércio eletrónico, um investimento de 2 milhões de euros que traz para a companhia a capacidade de tratar cerca de 6000 objetos por hora e de automatizar o tratamento de encomendas com pesos entre os 10 gramas e os 12 quilos.

Fonte: Logística & Transportes Hoje
Fonte fotogrática: Logística & Transportes Hoje